domingo, 19 de fevereiro de 2017

Robalos a conta gotas......

Meus amigos, estamos a meio de Fevereiro e o festival robaleiro ainda não chegou, 
bem andamos a traz deles, mas estão difíceis de encostar por aqui, com o mau estado do mar e o remexer da costa as nossas crenças de pesqueiros andam mais confusas....
o sobe e desce da tabela da mare levamos a um limite de frustração sem conseguir pescar já a alguns dias.
Bem estou com esperança que daqui a alguns dias já possamos apresentar aqui alguns dos nossos relatos de aventuras ao spinning..

Paulo Gomes 


                                                                      João Batista

domingo, 29 de janeiro de 2017

A teimosia por vezes faz a diferença!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Boas pessoal,

Ora aqui está mais uma aventura do nosso spinner Claudio Franco, a justificar o que realmente pode acontecer nos numa jornada ao spinning.. nunca desistir até á ultima instância das nossas energias.

Relato de Claudio Franco com um um bom arranca de 2017

Noite bem escura de Spinning na companhia do Batista e Octávio.
O Batitsta como tinha disponibilidade foi mais cedo e eu e o Octávio fomos um pouco mais tarde, faltava cerca de 2 horas para a maré vazia, o mar estava com umas condições muito boas para Spinnar, ondulação não muito grande, mas a deixar uma bela branquinha de rasco a cada onda que passava e o vento quase não se fazia sentir.
Até chegarmos perto do Batista fomos fazendo uns lançamentos na expectativa de encontrar por ali algum robalote... mas nada. Chegamos então ao spot eleito onde o Batista já lá estava, mas até à data nada de peixe. Insistimos e insistimos e íamos desabafando uns com os outros, como é possível com este mar não dar peixe nenhum, entretanto a maré estava vazia e começava a ficar algo tarde para quem ia trabalhar no outro dia, até que o Batista e o Octávio decidiram ir embora, mas eu como sou um pouco/muito teimoso, disse-lhes que ia ficar mais um pouco para esperar pelo virar da maré e bater um spot ali perto já com um pouco mais de água. Assim foi eles foram embora fiquem ali naquela zona mais algum tempo e com a maré já mais cheia fui então experimentar outro local... e por vezes a teimosia compensa.... ehehheeh
Vinil a recuperar e a bater nas rochas... quando sinto ferrar, mas de início parecia um peixe pequeno pois recuperei uns bons metros e o peixe pouca luta dava, pensei eu "fogo o robalo é pequenote", quando de repente a cana verga por completo e carreto a berrar... ZZZZZZZZZ... mais ZZZZZZZZ e eu "é lá afinal é um bom Babalu", deixei-o cansar bem e comecei então a recuperar linha, quando o vejo à tona da água confirmei que era mesmo um bom robalo, com calma coloquei-o em cima da rocha, mas logo de seguida vem um onda que o atira novamente para a água, ao fim de algumas tentativas lá o consegui agarrar e pronto este já não escapa. Fui coloca-lo no saco e fui de imediato fazer mais uns lançamentos, pois a maré não me ia deixar estar ali muito mais tempo. assim foi meia dúzia de lançamentos e a ondulação começou a bater-me nas pernas e decidi ir embora, pois acima de tudo está a segurança.

Este ano estava difícil de fazer a estreia... mas valeu a pena... foi uma excelente estreia em 2017... 5.1 kg de pura acção e adrenalina.





Continuação de bons lançes





domingo, 22 de janeiro de 2017

Prendas de Natal atrasadas

Boas pessoal,

Embora já com algum atraso nos relatos de spinning, aqui vais mais uma aventura ao spinning

Relato de Claudio Franco

Prenda de Natal atrasada

Depois de combinar a pescaria à hora de almoço com o Octávio, mas como ele só podia ir um pouco mais tarde, fui andando e pescando até chegar ao pesqueiro eleito, bati todas as pedras até lá chegar e nada. Quando chego ao local já lá estavam 2 pescadores e um deles na zona onde pretendia ir… (ainda bem) fiquei no meio dos 2 e após meia dúzia de lançamento, Pumba o primeiro robalo engatado, que pela força que estava a fazer era de certeza um bom exemplar, não o deixar cansar muito, pois aquela zona é muito complicada e com muita rocha, mas como a maré ainda não estava completamente vazia, a ondulação ajudou um pouco a pô-lo cá fora, arrumei-o no saco, e bora lançar... e com menos de 5 minutos de diferença  ZZZZZZ..... ZZZZZZZ boa mais um engatado, onde mais uma vez a ondulação deu uma boa ajuda e trouxe-o rapidamente para fora. A noite já estava mais que safa, dois bons Babalus no saco, vamos ver se à mais por ai... lancei e lancei e nem mais um toque, até que chega o Octávio, falamos um pouco e fomos pescar onde quase de imediato sinto uma forte pancada, mas não ferrou... ou melhor não ferrou no meu anzol... estou eu a dizer ao Octávio que senti uma forte pancada e a cana dele... PUMBA... carreto a cantar e bem ZZZZZZ e mais ZZZZZZ pois ferrou mesmo quase aos pés, desta vez e mesmo sendo dois foi um pouco mais complicado tirar o peixe, pois já havia muita rocha descoberta, mas lá conseguimos agarra-lo e mais um excelente Babalu. A noite ficou por ali com 3 belos peixes, mas que venham mais iguais a estas.






domingo, 20 de novembro de 2016

Spinning&Adventure Operação Natal

Boas pessoal, ora cá está mais uma aventura ao spinning!!

Desta feita vou chamar-lhe de  Operação Natal, sei que ainda está longe mas como bons pescadores que somos, não pode faltar o belo do robalo na mesa da consoada.

Como estamos na época dos nossos amigos fazerem uma visita, tivemos de arregaçar as mangas e fazer-nos a estrada para tentar encontrar o melhor spot. Telefone a um, e a outro, e nada melhor do que fazer uma prospecção aos pesqueiros, e assim foi... mais ao fim da noite, tudo combinado..
Era dia de acordar cedo para apanhar uma boa mare, as águas estavam perfeitas, esverdeadas e oxigenadas.
Assim que chegamos ao pesqueiro começamos logo a bater a zona, eu andei um pouco mais para sul, um pouco mais encostado as pedras, e assim preparo o primeiro lançamento, como pesco com vinis temos de fazer o primeiro lançamento devagar para esticar a linha e para certificar se está tudo ok, e cá vai disto, lanço e zuzzuzuz, dasss cabeleira...., e de repente pumbasssss zzzzzzzzzzzzzzz, não pode ser.. labraz na linha..... nem queria acreditar.... primeiro lançamento um robalo, está lindo isto......
o mar tinha um bocado de força, demorou um pouco tempo a tira-lo mas veio prá seco sem problemas, e continuamos ali mais um bocado, mas sem sinal deles, já de dia, comecei a bater a zona mais para norte, o mar estava mesmo de feição, e nem mais um toque, eu cá pra mim, é impossivel não estar aqui robalos, e começo a vasculhar a bolsa, isto é uma questão de acertar na cor da amostra e no tipo de amostra, nem é tarde nem é cedo, coloco uma Duo Flyer, pouco utilizado até ao dia, e pumbassssss, mais um Labrax na cana. zzzzzzzzzzzz, este estava a dar um pouco de luta, mas com calminha veio para seco, bom sinal disse eu, a malta começou-se a juntar, e pumbasssss o Luis Cagão..... a ferrar um valente....no mesmo local onde apanhei  o segundo, fui logo a correr para tentar filmar este belo momento, assim que cheguei estava tudo paradinho a olhar para o Luis sacar o Barrote, mas que belo barrote, (Parabéns). não se continha de satisfação ele acabava de bater o seu recorde pessoal.......
Sem tempo a perder, iniciamos logo  mais uns lançamentos, e nada, hora da Bucha e conversa de lançamentos, como lançar mais longe, a importância do multi, carreto etc...e assim trocamos de canas uns com os outros para ver a diferença, eu troquei com o João, e depois com a do Luis, pego na cana, e em tom de brincadeira era lindo apanhar um, e assim que recupero pumbassssss, ahahhahahaha eu não disse. hahahhazzzzzzzzzz, e carral..... desferrou..... acabei de perder um robalo.. todos a gargalhada..... ainda bem que nao veio para terra, assim de quem seria o robalo????
Sem tempo a perder, toda mas é de lançar cada um com as suas claro, nem foi tarde nem cedo, troco de amostra e pumbassssssss, afinal andavas por cá.... este era um pouco mais pequeno, mas já om medida, facilmente colocado a seco, a malta estava toda a animar, e pumbassss o Paulo a errar mais um bom robalo....homem com esperiencia, facilmente o colocou a seco...
ainda estivemos ali mais uma horinha a barter mas sem sucesso, pescaria dado por terminada...
Este dia vai ficar para a memoria de certeza..

Fica aqui um video...... desfrutem de um dia especial ao Robalo






quinta-feira, 10 de novembro de 2016


Madrugada Solitária, Mas Compensadora

Depois de contactar algum do pessoal habitual e ninguém poder ir à pesca, decidi levantar cedo na mesma e ir fazer o nascer do dia sozinho. Não podia ter tido melhor decisão… Hehehehehe
Carro estacionado e coloco-me a caminho, faltava ainda um pouco para a maré vazar completamente, mas como o mar estava calmo deu para pescar num spot que habitualmente só dá na maré vazia e foi mesmo ai que apanhei os 3 primeiros peixes. O 1º foi logo ao fim de alguns lançamentos e pensei eu que depois de tirar este que provavelmente não dava aqui mais peixe, mas ao fim de pouco tempo lá estava a cana novamente a bater e mais um, igualzinho ao anterior deviam de ser irmão... voltei a insistir um pouco mais na mesma zona e com bons resultados, pois passado pouco tempo apanhei o maior trofeu da madrugada... senti logo no bater e força que o peixe fazia na cana, ainda por cima o fio parecia estar enrrolado nos limos, mas felizmente soltou-se e com paciência e calma lá veio o "Babalu" para fora. Depois de mais uns lançamentos sem sucesso decidi ir tentar a sorte noutro local e PUMBA, chego ao local e no primeiro lançamento ZZZZZZZ mais um peixe na linha, a zona é complicada de tirar o peixe principalmente se estivermos sozinhos, mas como ficou bem ferrado lá veio parar para juntos dos outros... heheheheh

Como este saiu no primeiro lançamento ainda pensei que a zona estivesse cheia de peixe, mas lançamento e mais lançamento e nada mais deu sinal, estava a ficar na hora de ir trabalhar e deu a pescaria por terminada.





Parabéns Claudio 

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

# 3 dias a facturar


Boas Malta,

Aqui está mais um bom relato de uma aventura em altas do nosso companheiro Claudio;

Primeiro dia:
Depois de sair do trabalho e como estava previsto fui pescar um pouco. Chego à praia equipo-me e meto-me a caminho, chego ao primeiro pesqueiro e não quis arriscar a lá ir pescar, pois a maré ainda estava a descer e o mar estava a chegar lá com facilidade, decido ir mais para a frente, onde ainda conversei um pouco com um pescador de fundo que estava por ali. Quando de um momento para o outro começa de levantar vento e mais vento... nem dava para lançar, o vento rebocava os vinis e amostras. Pensei eu, é preciso ter um "galo", equipo-me e agora nem pescar consigo, mais uma grande por certo. Mas como o vento estava sul decidi ir ver um pesqueiro ainda mais à frente, pois era um pouco mais protegido do vento, ai com alguma dificuldade, mas já dava para lançar e o mar ainda por cima tinha crescido bastante, mas continuei a insistir e ao fim de alguns lançamentos sinto a cana a trabalhar, já tinha saudades disto, pois as ultimas pescarias só deu grade a trás de grande... hehehehe, mas quando o tiro para seco, fiquei um pouco desiludido, pois era pequeno e assim regressou à água. Mas o pensamento foi, se este anda aqui pode ser que ande cá também os pais dele. Depois de estar a pescar sempre com vinil decidi experimentar se o vento deixava lançar amostras... e não é que ao segundo lançamento... Pumba.... ZZZZZZ   é lá este já é maior, foi preciso algum cuidado para o tirar pois a zona era de muita rocha e cheia de mexilhão o que facilmente corta o fio, foi preciso esperar por uma onda maior e enrolar carreto a todo o gás e lá ficou a seco, belo “Babalu” sim senhora. Insisti um pouco mais na zona mas nada, entretanto para ajudar começa a chover juntamente com o forte vento que já se sentia. Começo a retornar para trás mas a fazer lançamentos pelo caminho, o que me valeu mais um prémio, mais um robalinho.
Ao fim de algumas grades onde pesquei com mar e tempo com boas condições, foi preciso um "vendaval" para regressar os Robalos...






Segundo Dia:
Novamente depois de sair do trabalho, voltei a ir fazer uns lançamentos. Mar ainda um pouco bruto e mais uma vez o vento também não estava a ajudar, fiz uns lançamentos logo à entrada da praia para fazer tempo, enquanto o Octávio não chegava, entretanto fui um pouco até mais à frente pois a maré já lá deixava pescar. Começo a pescar com vinil rosa e nada, entretanto o Octávio está a chegar ao pé de mim, troco de vinil, 3 ou 4 lançamento e era para ir embora quando decido fazer mais um lançamento e Pumba... em cheio, mais um robalinho. Ainda insisti mais um pouco, acabei por perder o vinil e mais nada. Fomos até outro spot tentar a nossa sorte, mas o mar não estava muito de feição. O Octávio ainda tira uma Baila pequena, mas ficou por ali.






Terceiro Dia:
Com a maré a descer, deu para aceder a um dos meus spots preferidos, mas em vão, nem um toque. Mais à direita estava uma onde a quebrar e a formar uma bela espuma, desloquei-me para lá, comecei por fazer uns lançamentos mais curtos para uma zona onde não tinha tanto limo, mas sem sucesso também, quando decido arriscar e lançar mais longe para lá dos limos... e ao segundo lançamento... PUMBA um forte pancada, cana bem vergada onde dava para ver que era um bom exemplar, o meu pensamento foi, como vou tirá-lo com este limo todo pela frente, deixei-o cansar um pouco e depois sempre que vinha uma onda era tentar recuperar o máximo de fio possível e assim foi até estar perto dos pés onde foi preciso algum cuidado para o fio não enrolar nas rochas, felizmente correu tudo bem e sozinho o “Babalu” ficou a seco. Continuei a insistir no local mas nada mais apareceu, fomos explorar outras zonas mas infelizmente parece que andava sozinho.





Foram 3 dias seguidos de pesca a Faturar…. Esperemos que seja para continuar…

sábado, 8 de outubro de 2016

Robalos ao spinning com Nuno Sousa

Ora bem malta,

Quero aqui deixar uma mensagem de Boas Vindas ao nosso colega Nuno Sousa, o reaparecido...
Para quem não sabe ele fez um retiro espiritual aos robalos, mas...... agora prestem bem a atenção:

Relato do próprio:

 Boas 
Recomeço da nova temporada em coordenadas ,GPS entrou em acção novamente e com 4 peixitos .Saí do trabalho as 24 horas  e pesca heehhe ,cheguei ao pesqueiro e lançamento daqui ,dali ,mais a baixo e  acima ,amostra  esta ,outra ,vinis e zagaias e tudo mais , umas  certas horas chegou outro veiculo ao pesqueiro, com esteve ali uns minutos e não se passava nada decidi ir as escuras ver o que se passava ,passei em frente do carro estava semi iluminado com luz do radio ou telemóvel e com vidros já baços fiquei na mesma,acendi o meu foco dando sinal de vida ao lado do meu carro,estive 5/7 minutos e tudo na mesma nem sinal de vida no outro veiculo  ,decido ir pescar novamente e faço 3/4 lançamentos,mas não estando descansado pelo motivo aparente fui para o carro abandonando o pesqueiro e procurar outro noutro local,até fazer dia ... conclusão mais uma vez:





Nao interessa como começa mas sim como acaba.

                                     Vinil SA -3 & Amostra -1                                                            
            
SAUDE.
Nuno Sousa

sábado, 1 de outubro de 2016

Robalo ao Spinning- My Best Friend

Boas pessoal,

Ora cá vai mais uma aventura ao spinning...
com: Nelson Antunes, Claudio Franco e João Batista.
Após algum tempo sem saber onde eles andavam,foi tempo de andar a procura deles, e partimos para uma nova descoberta, novos pesqueiros, fomos fazer um assalto ao jardim do Luciano.
O nosso reaparecido GPS (Nuno Sousa) tinha nos enviado umas fotos do pesqueiro e até parecia estar cheio de robalos..hahahhhahahaha nunca falham aqueles binóculos...
Bem e assim combinamos, a mare estava a encher seria a melhor hora para dar com eles, e assim foi.. começamos a bater a zona mais de pedra, mas sem sucesso.. como estava um pouco de vento decidimos ir andando até a praia.. e assim foi, o jardim estava um espetaculo, ondulação de metro com rebetação perfeita... após uma longa caminhada zero... o Luciano.. isto está seco pensei eu.. andas te aqui o verão todo a limpar as matas nao deixas te aqui nada...
o Claudio já bufava.. ainda tinha a mão quente da Corvina.... e nada.....
e já de caminho... eu pensei deixa cá ver este vinil assim com uma cor mais G......
e pumbasssss. aqui está babaluuuuu....
Hum, temos d ter cuidado com elesss.. cores G...y.....

Aqui fica um pequeno video..





Abraço pra todos

domingo, 25 de setembro de 2016

À noites de Sorte



Á noites de sorte…

Com Claudio Franco 


Depois de ter ido à festa a São Pedro (Nª Sª Nazaré) e de ter combinado mais uma noitada com o Batista, lá nos encontramos no local combinado e depois de tudo preparado lá começamos a pescar no local das últimas pescarias, mas para nossa "infelicidade" a força do mar nos dias anteriores mudou por completo os fundos do mar o que fez com que as condições para pescar ficassem bem piores, o que nos fez ir à procura de melhores spots... e assim foi decidimos alargar o local de pesca, mas o tempo ia passando e nada, o sono ia apertando e a esperança de apanhar um robalito estava a morrer, quando a fazer um lançamento lá se foi uma amostra pelo mar a dentro... fogo (pensei eu) já não basta não apanhar nada e ainda estou a perder material, decido então mudar para Vinil e não é que à males que vêm por bem... ao 2º lançamento.... ZZZZZZZZZZ ZZZZZZZZZZZ e mais ZZZZZZZZZZ, faço de imediato sinais de luz para o Batista que já lá ia mais à frente e quando ele vê a cana.... "épa o que é isso".... "não sei, mas deve ser um bom peixe", sempre que tentava recuperar um pouco de linha ia o dobro para dentro ZZZZZZZZZZZ e ZZZZZZZZZZZ, foi ter um pouco de calma, correr um pouco na praia e esperar que o peixe se cançasse, o Batista já dizia "só pode ser uma Corvina" e eu só dizia, "não sei se é ou não, mas que é um bom peixe é", a luta continuou eu a tentar recuperar e a linha a ir para dentro, até que de um momento para o outro a força parou e era apenas um peso morto na linha, com paciência foi esperar a ajuda das ondas e lá conseguimos fazer com que ela chegásse à areia... mais uma ondinha e cá estava ela, o Batista disse logo... "eu não te disse que era uma Corvina", quando vi o tamanho dela fiquei de boca aberta, pois não estava nada à espera de apanhar um bicho deste. Com ela já no saco, ou melhor o que cabia dentro do saco, pois metade dela teve de ficar de fora... hehehehh a adrenalida parece que nunca mais parava... é uma sensação enorme de apanhar um peixe deste tamanho, que venham mais deste.... foi o meu maior troféu até agora (7,5 kg). 







Ai está uma noite para recordar......

Um Obrigado ao João Batista pela ajuda 



Robalos em Agosto- Spinning&Adventure

Boas malta,

Quem diria, que no mês de Agosto iria ser bastante produtivo em Robalos e não só.

Primeiro relato do Claudio Franco
O mar estava de feição, mas o vento está bem forte e a dificultar o trabalho das amostras e vinis. Fomos pescando como habitual do Chico para a esquerda, onde o Nelson que vinha mais atrás ficou na zona do Frescuras e capturou o preimeiro robalo da noite, nem dei por isso e só mais tarde me apercebi que ele estava a chamar-me através de sinais de luz. Insistimos mais uns bons lançamentos, o Nelson sente mais um toque mas não ferrou. Chego-me ao pé dele e ficamos de ir para outro lado, quando nesse mesmo lançamento... zumba peixe a saltar na àgua, quase ficou preso na ponta da cana, tão perto que foi. Rápidamente foi arrumado no saco e claro decidimos continuar por ali.

Mais meia dúzia de lançamentos e mais um robalinho ferrado, este um pouco mais dentro. Mesmo com pouca água o peixe andava por ali. O Nelson ainda engatou mais um, mas este soltou-se. Já com o dia nascido decidimos terminar a pescaria e ir dormir um pouco.

Segue algumas fotos das pescarias neste Mes com:

Claudio Franco








Luis Tomás

Nelson Antunes 



Já em Setembro 

Spinning Adventure em Familia 


Até breve 

domingo, 31 de julho de 2016

Julho Produtivo

Boas Pessoal,

Hoje vou relatar aqui algumas das capturas do mês de Julho.
Spinning&Adventure revela que ao contrario do que dizem, no verão não há Robalos grandes???
Ora vejamos que á que procura-los, encontrar o pesqueiro certo,e saber exactamente a hora de maior activação do robalos, durante este mês após ler numa revistar de pesca a influencia da Lua na pesca, tentamos analisar se realmente poderia fazer algum sentido. mas sinceramente desta vez nada bater certo, não digo que não terá influencia noutra altura.
Após descobrir-mos onde  os meninos andavam, fomos novamente ao ataque..
e os resultados apareceram:
Fica aqui algumas dessas capturas do recordista Claudio Franco







O Record do Cláudio






O oportunista da manha- Luis Tomás








O Gradeiro João Batista a matar saudades




quinta-feira, 14 de julho de 2016

Robalos ao Spinning praia azul


Boas Tarde Pessoal, 

Aqui está mais um relato de uma aventura ao Spinning



Depois de ver Portugal passar para a final do campeonato da Europa, seguimos para uma Maratona de Spinning improvável. Spot escolhido o habitual, praia Azul (Rochas), batemos todos os locais possíveis, com o mar 5* e nem um toque. A caminho do carro reparamos que estavam pescadores a pescar ao fundo na praia frente ao Chico, decidimos ir pescado pela praia até lá, lançamento atrás de lançamento e nada. Falamos um pouco com os pescadores e também não tinham tirado nada. 
Passamos para o outro lado deles, aproveitamos que estava ali a fazer uma boa quebra que oferecia uma zona mais mexida e  com um pequeno fundo, seria um bom spot, mas tive de  ir comer uma bucha que as enegias já estavam a ir a baixo, e o claudio lá continuo a pescar, quando regressei a pescar.... já a cana dele estava a vergar, só ouvia o carreto a  uivar, zzzzzzzzzzzz, inicialmente até pensava que ele estava a gozar, mas quando chego mais perto.... pumbas 1-0 pró Claudio. BX não falha... o Pink Matador

Insistimos no local, e coloco uma amostra Duo Rosa, nem demorou muito tempo até o babalu atirar-se a sem perdoar. tirei sem grades problemas, estava feito o empate, mas logo de seguida o Claudio ferra mais um, mas desta vez com amostra (West Lab - Verde/prata), nada mau já estava a grande safa para os dois. Mais uns bons lançamento e nada mais, 2-1 decidimos ir mais para baixo e pumba…
Mais um peixe na linha… e com calma cá veio para à areia, novamente com amostra desta vez com a Dansel Samura - Limão/prata. eu ainda ferro mais um  mas este soltou-se. Continuamos a bater o resto da praia, lançamento e mais lançamento, já lá iam umas boas horas de pesca e os braços começavam a ficar cansados.
estava a levar uma coça.... já não relato mais.....

O Claudio relata agora!!!!!!
Decidimos voltar ao local onde tinhamos tirado os primeiros peixes e começamos a andar… a meio caminho houve aquele "feeling", sem dizer nada ao Nelson decidi fazer um lançamento pois o local parecia interessante… e não é que ZZZZZZZ    ZZZZZZ peixe engatado quase aos pés... deu uma excelente luta foi preciso trabalhar bem com o drag, mas com calma cá veio parar à areia, claramente o melhor exemplar da noite... num tiro de muita sorte ou boa visão... hehheheehe mais um peixe com amostra desta vez a conceituada Shimano Exsence Silent Assassin - limão/laranja. Pela primeira vez consegui apanhar peixe na praia e com amostras, não correu nada mal para estreia, venham mais destas...

Eu Disse: O Cláudio vai mas é PRC!!!!!!!hehehhehehehe

Mas que grande noite de pesca, foi algo inesperado, e assim até sabe melhor, já fomos pra casa já de dia...

que venham mais noite assim, mas desafio a desforra ao Claudio, perder 4-1
vou Fazer uma petição......hahahhahahahahaaa







Aquele saco do Lidl???????