domingo, 31 de julho de 2016

Julho Produtivo

Boas Pessoal,

Hoje vou relatar aqui algumas das capturas do mês de Julho.
Spinning&Adventure revela que ao contrario do que dizem, no verão não há Robalos grandes???
Ora vejamos que á que procura-los, encontrar o pesqueiro certo,e saber exactamente a hora de maior activação do robalos, durante este mês após ler numa revistar de pesca a influencia da Lua na pesca, tentamos analisar se realmente poderia fazer algum sentido. mas sinceramente desta vez nada bater certo, não digo que não terá influencia noutra altura.
Após descobrir-mos onde  os meninos andavam, fomos novamente ao ataque..
e os resultados apareceram:
Fica aqui algumas dessas capturas do recordista Claudio Franco







O Record do Cláudio






O oportunista da manha- Luis Tomás








O Gradeiro João Batista a matar saudades




quinta-feira, 14 de julho de 2016

Robalos ao Spinning praia azul


Boas Tarde Pessoal, 

Aqui está mais um relato de uma aventura ao Spinning



Depois de ver Portugal passar para a final do campeonato da Europa, seguimos para uma Maratona de Spinning improvável. Spot escolhido o habitual, praia Azul (Rochas), batemos todos os locais possíveis, com o mar 5* e nem um toque. A caminho do carro reparamos que estavam pescadores a pescar ao fundo na praia frente ao Chico, decidimos ir pescado pela praia até lá, lançamento atrás de lançamento e nada. Falamos um pouco com os pescadores e também não tinham tirado nada. 
Passamos para o outro lado deles, aproveitamos que estava ali a fazer uma boa quebra que oferecia uma zona mais mexida e  com um pequeno fundo, seria um bom spot, mas tive de  ir comer uma bucha que as enegias já estavam a ir a baixo, e o claudio lá continuo a pescar, quando regressei a pescar.... já a cana dele estava a vergar, só ouvia o carreto a  uivar, zzzzzzzzzzzz, inicialmente até pensava que ele estava a gozar, mas quando chego mais perto.... pumbas 1-0 pró Claudio. BX não falha... o Pink Matador

Insistimos no local, e coloco uma amostra Duo Rosa, nem demorou muito tempo até o babalu atirar-se a sem perdoar. tirei sem grades problemas, estava feito o empate, mas logo de seguida o Claudio ferra mais um, mas desta vez com amostra (West Lab - Verde/prata), nada mau já estava a grande safa para os dois. Mais uns bons lançamento e nada mais, 2-1 decidimos ir mais para baixo e pumba…
Mais um peixe na linha… e com calma cá veio para à areia, novamente com amostra desta vez com a Dansel Samura - Limão/prata. eu ainda ferro mais um  mas este soltou-se. Continuamos a bater o resto da praia, lançamento e mais lançamento, já lá iam umas boas horas de pesca e os braços começavam a ficar cansados.
estava a levar uma coça.... já não relato mais.....

O Claudio relata agora!!!!!!
Decidimos voltar ao local onde tinhamos tirado os primeiros peixes e começamos a andar… a meio caminho houve aquele "feeling", sem dizer nada ao Nelson decidi fazer um lançamento pois o local parecia interessante… e não é que ZZZZZZZ    ZZZZZZ peixe engatado quase aos pés... deu uma excelente luta foi preciso trabalhar bem com o drag, mas com calma cá veio parar à areia, claramente o melhor exemplar da noite... num tiro de muita sorte ou boa visão... hehheheehe mais um peixe com amostra desta vez a conceituada Shimano Exsence Silent Assassin - limão/laranja. Pela primeira vez consegui apanhar peixe na praia e com amostras, não correu nada mal para estreia, venham mais destas...

Eu Disse: O Cláudio vai mas é PRC!!!!!!!hehehhehehehe

Mas que grande noite de pesca, foi algo inesperado, e assim até sabe melhor, já fomos pra casa já de dia...

que venham mais noite assim, mas desafio a desforra ao Claudio, perder 4-1
vou Fazer uma petição......hahahhahahahahaaa







Aquele saco do Lidl???????

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Acordar cedo Compensa





Semana em Grande




Boas camaradas de pesca…
Mais um Spinning madrugador, ainda de noite já estava no estacionamento a ultimar o material e como tinha ficado combinado no dia anterior com o Paulo Franco (companheiro desta pescaria) que quem chegassem primeiro seguia para o pesqueiro, e assim foi, comecei a fazer uns lançamentos com a maré ainda um pouco cheia para o pesqueiro escolhido, mas a descer rapidamente, o mar estava relativamente calmo e optei por ir um pouco mais à direita onde fazia uma espumaça… um, dois lançamento e ao terceiro… ZZZZZZZ  ZZZZZZZ babaluss na linha. Não foi tarefa fácil pô-lo a seco, pois estava sozinho e a ondulação juntamente com a rochas dificultaram as coisas… mas com paciência e calma lá consegui… nada mau bom exemplar…
Entretanto chega o Paulo ao pé de mim… “já cá canta um”…. Ele nem quis acreditar… acordasse mais cedo…. Heheheheh
Investimos mais uns bons lançamentos naquela zona, mas nada. Optamos por ir para outro spot e mais uma vez depois lançamento a trás de lançamento e nada, quando me afasto mais um pouco e pumba… mais um a vergar a cana… desta vez com ajuda as coisas foram mais fáceis, já cá cantam dois…
Estava a ficar na hora de ir trabalhar e disse ao Paulo que ia andando e ia fazer uns lançamento mais perto do estacionamento, o Paulo optou por ficar mais um pouco por ali e eu disse-lhe, “olha quando chegares ao pé de mim já tenho mais um”…
Cheguei ao local, começo a lançar e como se costuma dizer, não há duas sem três, ZZZZZ ZZZZZ mais um Robalo a trabalhar na cama, o Paulo ainda ao longe apercebeu-se e começou logo a rir-se… este era um pouco mais pequeno e foi fácil tira-lo.
Estava na hora de ir trabalhar… com 3 Robalos no saco, nada mau.
Acordar cedo por vezes compensa… este foi um desses dias para mim, venham mais assim, pena o Paulo não ter apanhado nada, mas pelo menos viu apanha-los…. 







                     


Parabens Claudio

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Primeiro convívio Spinning&Adventure

Boas amigos,

Hoje  aventura vai ser diferente.

Primeiro convívio Spinning&Adventure

Mais uma vez a hora combinada já lá estava a malta para a  jantarada, como bons pescadores nada melhor que um Robalo ao sal, com receita especial de Nelson Antunes.

Os intervenientes: Tio Arlindo, Nuno Sousa, Miguel Luciano, Claudio Franco, Nuno Sousa, Paulo Gomes, Luis Tomás e mais tarde.......................apareceu o João Batista.
Aqui fica algumas fotos.












Aqui fica a minha receita

ROBALO AO SAL
Ingredientes:
Robalos- 2 kg
Sal- 2kg
Farinha- 400kg
Claras de ovo- 6 unidades
Alho- 2 dentes
Louro- 2 folhas
Pimenta Preta- QB
Coentros- uma mão
Erva Principe- uma mão 
Limão- 1 

preparar o forno a lenha

  1. retirar as tripas e cortar as barbatanas, Nunca escamar o robalo
  2. regar o robalo com sumo limão inclusive o interior da barriga
  3. colocar sal e pimenta dentro da barriga, 
  4. colocar o alho, louro, coentros, Erva Principe dentro  da barriga do robalo
  5. colocar num tabuleiro de barro uma camada de sal
  6. colocar num alguidar os 2 kg sal, as 6 claras de ovo e a farinha, mexer muito bem, até  ficar tudo bem ligado, depois colocar o robalo no tabuleiro e tapa-lo com sal, ter em atenção para a cabeça e a barriga ficarem fechadas, para que o sal não entre para dentro do robalo.
  7. colocar no forno, colocar folha de aluminium por cima do tabuleiro a tapar o robalo, para que não core rapidamente
  8. retirar o aluminium passado 30 minutos, conforme a temperatura do forno
  9. dentro de uma hora, hora e meia o robalo deve ficar pronto.

Bom Apetite













domingo, 29 de maio de 2016

Robalo tirado a ferros

Boas Pessoal,

Aqui vai mais um relato de uma aventura ao Spinning.

Após uns telefonemas e marcações, o censo foi comum, pesqueiro escolhido, equipa que ganha não mexe e assim foi,,Nelson, João, Paulo G, e Paulo Simões.

Chegamos quase todos ao mesmo tempo, parecia pontualidade Britânica, ou então todos com grande vontade de pescar.
Chegamos ao spot e a mare ainda estava a vazar, fomos batendo a zona e caminhando para sul,
já com o dia a clarear nem sinal de escama, andamos um pouco mais e o Paulo Gomes ferrou um robalote, ja deu para animar, eu sigo mais sul, onde o mar partia mais longe, e fazia uma boa carreirada, passo pelo Simões, é pá gosto muito de pescar aqui, está aqui um bom caneiro mas nunca apanhei nada, nem foi necessário esperar muito, quando olho para traz, já ele tem a cana a vergar...
rapidamente o colocou a seco.. bom sinal..
Faço uns lançamento, recupero lento entre as vagas e zumbasssss, pumbasssss, peixe ferrado,
estou tramado disse eu, tinha umas pedras altas a frente e com o mar a dar-lhe forte não conseguia desvia-lo, mas com calma a coisa vai, dei linha para ganhar tempo e porrada forte, leva pra dentro, mudo de rocha mais para fora, e começo a recuperar, estava bem encaminhado. quando dou por isso, vem uma vaga e empura o robalo contra a rochas, e o fio enlaçou nas rochas, aperto o máximo que pude e esperei que o Simões chega-se, foi a minha salva, subiu ate a pedra desembrulhou da pedra e safou me da boa...Obrigado Paulo Simões.
Ja com a mare a dar a volta, ainda ficamos mais uma horinha, mas sem mais sinal de babalusss.
Desta vez não houve tempo para Video, fica aqui unas fotos




 

domingo, 22 de maio de 2016

Madrugada de Spinning



Boas Amigos,



Aqui estamos novamente a relatar mais uma madrugada de spinning, às 5 horas lá estávamos no local habitual para beber café e logo de seguida seguimos par o spot escolhido.

Material montado e lá seguimos praia fora até ao local escolhido, ainda o dia não tinha nascido já eu tinha a Mouratanh a dar sinal de babaluss mas ... infelizmente teve de ser devolvido ao mar para crescer mais um pouco.

Fizemos mais uns lançamentos naquela zona e nada, decidimos ir um pouco mais para sul e ao fim de uns lançamentos o Claudio faz sinal de babalu na vara, zzzzzzzzzzzz, já safou a grade...

O mar esta bastante favorável nesse dia, as espectativas estão altas.

Caminhamos mais para sul, havia lá uns caneiros bons para explorar, mas sem sucesso, com o dia já bem alto fomos andando para norte, entretanto o Claudio teve de se ir embora, eu fiquei mais um pouco.

Foi exprimentar umas lages mais a norte, e assim foi, o primeiro lançamento pumbas, ferro uma baila,

rapidamente veio para terra.

Já com a maré a subir e assim terminou a aventura ao spinning.


Fica aqui um video produzido pelo Claudio Franco






Até a proxima

sábado, 14 de maio de 2016

Robalo ao cai do pano

Boas companheiros,

Ora aqui fica mais um post de uma aventura ao spinning, desta vez com João Batista e Claudio Sousa,
Ultimamente andamos um pouco chateados com o nosso amigo Guru, anda a trocar as nossas voltas e desta vez exagerou.. enfim quanto a isso não se pode fazer nada o melhor é mesmo ir pra pesca.

As indicações não eram muito favoráveis para a pratica de spinning, muito vento de norte mar de 2 mt, mas optamos por escolher um pesqueiro onde nos permiti-se fazer uns lançamentos.
E assim foi, hora combinada no local do costume e lá fomos nós, chegamos ao pesqueiro zero de vento, mar estava calmo.. tudo ao contrario do que tínhamos visto no guru.
Com as expectativas em grande lá fomos nós a caminho, toca de fazer os primeiros lançamentos, e sem sinal, subimos um pouco mais para norte e nada, as horas foram passando e nada nem um toque, nem na hora sexy eles apareceram, resolvemos voltar para traz e com a mare a encher bem, as probabilidade seria menor.

Aproveitamos para comer qual quer coisa, e já de barriga cheia, voltamos a lida. mas mais do mesmo, nada, já desanimados com isto, disse ao Claudio, olha vou fazer o ultimo lançamento aqui ao teu lado e vou me embora, e pumbass zzzzzzzzzzzzzzengassss babalus na ponta da Morathan, com calma tirei o para fora. sinal positivo, quando olho para o lado já estava o João Batista com um ferrado rapidamente colocou o cá fora, mas devolveu ao mar, não tinha a medida.
Ainda fizemos mais uma horinha de spinning nem mais sinal deles.



Fica aqui mais um video..



Até as proximas aventuras...........


sábado, 7 de maio de 2016

Robalo Solitário

Boas malta!

Cá estas nós novamente para relatar mais uma madrugada de aventuras ao spinning..

Mais uma madrugada de Spinning com o trio habitual a estas horas, Nelson, Batista e Cláudio.

Às 5 horas já estávamos na praia a começar a fazer os primeiros lançamentos, escolhemos um spot que não nos trouxe sorte, nem um toque.
 Decidimos ir um pouco mais para sul e bater toda aquela zona. Lançamento para aqui, lançamento para ali e nada, já estávamos a perder um pouco a esperança, eu decide ir um pouco mais para sul ainda, o Batista acaba de perder maus um vinil nas rochas, quando o Cláudio repara num caneiro entre duas rochas que sobressaem da água, primeiro lançamento para lá mas fica um pouco curto, segunda tentativa e pumba… em cheio carreto deu logo sinal zengasssssss e mais ZZZZZZZZZZ fio a correr e mais correr, foi necessário algum cuidado pois era uma zona com muita rocha e não queríamos que a linha ficasse presa, mas com calma lá foi vindo cá para fora onde o Batista dá uma ajuda para o agarrar e colocar a seco.

Continuamos a insistir na zona, mas parece que andava mesmo sozinho, nem mais um toque.

Decidimos dar por terminada mais uma jornada de Spinning onde o Cláudio continua de mão quente e a tirar uns bons “peixinhos”.












Até à próxima… Boas Spinadas…

domingo, 17 de abril de 2016

Uma Rubrica com João Batista


Boa Noite meus caros,
Desta vez convidei mais um grande amigo e companheiro de grandes aventuras ao spinning.
Falo de João Batista
 1.       Quem foi o teu grande impulsionador para te tornares um Spinner e que tem deu dicas para começar, se é que tiveste alguém?
Ok ,eu fazia 100% boia  de agua ,depois começou o bichinho pelo spinning, depois apareceu o mais viciado pelo spinning Nelson Antunes do Spinning e Aventura, as dicas foram mutuas, com muitas pescas muitas grades. todos os dia aprendia coisas novas ..2.       Quando vais fazer spinning que tipo de material levas? E o que te optas por levar?
Depende do mar e do pesqueiro para onde vou , mas sempre vinis . 3.       Spinning para ti é visto como pesca, objectivo apanhar peixe ou tem outros motivos (sair da rotina, aliviar stress, etc)?
Adoro pescar robalos , mas o melhor é aquele bocado que se passa com amigos e tenho alguns bons eheheh..
 4.       Qual é para ti a melhor maré para a prática de spinning?
Depende do pesqueiro mas maré vazia é favorita . 5.       Qual é para ti a melhor hora para fazer spinning?
De noite , nascer e por do sol a tal hora mágica. 6.       Qual é o teu tipo de pesqueiro favorito, e porquê?       Sempre pedra , porque é onde peixe vem mariscar . 

7.       Quando vez o estado do mar, qual é a tua primeira escolha do tipo de amostra?
Depende do estado do mar mas começo sempre com vinil e vou alternando com amostras , também algumas zagaias . 8.       Para ti qual foi até agora o tipo de amostra que te deu mais alegrias?
Vinil 99% adoro pescar com vinis . 

9.       Até agora qual é que foi a tua maior pescaria? E exemplar? (Foto)
Numa noite muito escura e alguma chuva , 3 exemplares de bom tamanho. 

10.   O que pensas sobre o futuro desta modalidade?      Já esteve na moda agora um pouco mais calmo talvez pela fraca quantidade de peixe., 
    Alguns exemplares do amigo João Batista;





s












domingo, 10 de abril de 2016

Só apanha que vai???

Boas Pessoal,

Ora nem mais..... mais uma aventura as spinning com amigos....

Era dia de levantar bem cedo pelas 4;30 já o maldito despertador fazia barulho, mas como é para ir á pesca não custou nada, só o frio é que fez tremer um pouco, mas tudo se resolve, como paragem obrigatória o  cafezinho bem quentinho já dá animo.
Eu e o Claudio chegamos um pouco mais cedo e fomos andando até ao pesqueiro, ainda é um pouco longe do estacionamento e com a mare cheia ainda complica mais um bocado.
O João desta vez adormeceu, mas por pouco tempo, passados uns minutos já estava lá ao pé de nós. e assim iniciamos o batimento de zona.. zegasss zegassss, vinil lá pra dentro, passado meia horinha e nada, o o dia já estava a romper, de repente o Claudio diz, é pá , é pá, tive agora uma porrada valente na minha cana, mas não ficou... quando recupera o vinil vinha sem rabo.....devia ser um bom robalo com certeza, sem desanimar voltou á carga...
Entretanto chegou o Luis, que aproveitou para fazer uma pesca de Buldo.
Nem mais sinal deles, já com o dia bem alto as prespectivas estavam a ficar fracas...
E fomos andando um pouco mais para norte, um pesqueiro bem conhecido do João Batista, havia tinha bastante areia no local de pesca, mas mesmo tentamos a nossa sorte, e digam lá que é que foi o sortudo do dia.. só podia o Claudio claro......hehehehheeee
O mesmo teve de se ir embora mais cedo, eu e o João ainda ficamos mais um pouco, mas nem ve-los.
Ainda fomos temtar mais a norte, e nada, resolvemos voltar ao inicio e ir ter com o amigo Luis, não é que quando chegamos o menino já tinha trez no saco.. apois é amigos disse ele..
Bem, era tempo de arrumar as malas e ir pra casa. já chega, é mais um dia a zzzzzeeero.. Grade

Fica aqui um video do momento do Babaluuu






domingo, 3 de abril de 2016

Um Mau Dia


Boas Pessoal,

Apresento aqui mais uma aventura, mas desta vez de uma forma menos feliz.

Depois de termos descobertos um bom pesqueiro era tempo de insistir,  e assim o fizemos, horinha marcada e cá vamos nós, 5h da matina e já com o pequeno almoço tomado, apois é, nem dormimos de tal fome de pesca que temos, a expectativa esta em altas.......
Já com o material as coisas e ai vamos nós, eu e o Claudio, o João adormeçeu nesse dia, não é normal?????
Até chegar ao pesqueiro tinhamos de dar corda aos sapatos, pois ainda fica longe do estacionamento,
Assim que chegamos a mare estava no ponto certo, horinha fatal, nem foi necessário muitos lançamentos até o primeiro dar sinal, após 5 lançamentos ferro um robalote, que é devolvido ao mar.
Faço masi 3 lançamentos e pumbass, zengassss, já cá está mais um disse eu para o Claudio, e depressa veio ajudar-me, todo o cuidado era pouco, nesta zona as pedras são muitos a probabilidade de perder um peixe é elevada.. e mais nao digo..
podem ver o video:


















Na vossa opiniao onde é que falhei???

sábado, 26 de março de 2016

Mais uma Jornada Ao Spinning

Boas Pessoal,

Aqui estou eu para relatar mais uma aventura ao spinning,
Com o mar a dar boas condições, não perdoamos, e assim foi. eu e o João Batista combinamos ir bem cedo para o pesqueiro escolhido, iamos afazer a vazante com 3 horas, horinha ideal no pesqueiro.
O restante pessoal não podiam, e outros escolheram outros pesqueiros, com a escasses de Baballus a malta tem de se espalhar para saber onde o encontrar.
Já no pesqueiro e cheios de fé lá começa-mos a nossa jornada, o mar estava a apresentar-se com exelente condições, rebentação longe, com vaga curta, e cheios de espuma, toca de mandar gomas a água...... zegasss, zegassss, zegasss, e nada, após já uma hora de pesca, lá a minha cana começou a dar sinal, zzzzzzzzzzzzzz, estranho disse eu para o João, não me parece um Robalo?????? não sinto o bater de um Robalo, quando chegou a terra não reconheci o peixe, estava na duvida, o que será??
Era uma Abrotea SERA? Ou Badejo??? SERÁ??
Nunca tinha apanhado nenhuma ao spinning dai tanta admiração.
E lá continuamos a fazer o nosso dever, zengasss lá pra dentro gomas lindas, e nada, já com o dia a ficar bem claro e sem mais resultados, dicidimos mudar de pesqueiro era assim que tinhamos combinado. O nosso companheiro Luis já estava lá mas a norte, mas ainda não tinha nada,
quando chegamos dicidimos ir para sul, pesqueiro já bastante conhecido pelo João, onde tinha feito já em tempos bom resultados. E pelo aspecto do pesqueiro estava bastante areado, e as emoções começaram a ficar mais fracas, mas sem desistir fomos ainda mais para sul, e descubrimos um grande spot, o mar a partir em cima das lages e estava ali uma boa espuma de água mais parada, sitio ideal para os encontrar, e começamos a bater zona, zegasss, zegasss, zegassss, apos uns lançamentos ferro um robalosss, eu para o João.. olha, olha, ja está cá um, cagão dos costume..... e Joao pela primeira vez pega na camera para filmar,com o bater parecia um bom robalo. e até não era mau, mas parecia maior e depressa se colocou a seco, sem tempo a perder toca de lançar zengassss, zengasss, mas sem sucesso e com a mare ja a encher bem não nos permitia permanecer mais no spot. e assim fecho mais uma aventura ao spinning.

Fica aqui mais um registo :
                                                             Badejo ao Spinning




Abrotea ou Badejo sera????




Robalo ao spinning


Até breve

quarta-feira, 23 de março de 2016

Uma Rubrica com Nuno Sousa


Boas Pessoal,

Apresento aqui uma nova Rubrica no meu Blog, entrevista ao meu amigo, prof,  Nuno Sousa




 1- A quanto tempo fazes spinning?
Comecei em 2005, mas não considero spinning pois era cana de 3.70m e algumas amostras e boia de água com raglous,nao tendo bons resultados parei cerca de um ano e meio, só em 2007/2008 aí sim comecei a spinar.. 

2- O que te leva a optar por spinning em vez de outras pescas? 
Optei por spinning nesta altura, pois ao fundo já pesca desde os 15anos de idade,mas spinar é brutal estou sempre em movimento, e na expetativa de tentar saber onde está o peixe ,quando ferro um peixe é adrenalina certa pois o sentilo la na ponta da linha ,com cana leve e carrete leves e monumental 

3- Para ti qual é a melhor hora para pescar ao spinning? 
A melhor hora para mim para spinar é sem duvida ao nascer do sol e depois ao por do sol, no entanto nem sempre é assim, e tendo capturado praticamente em todas as horas ..

4- Qual é o teu tipo de pesqueiro favorito? 
O meu tipo de pesqueiro favorito é em zonas mistas ou seja com pedra e areias a mistura, fundões etc.  

5- Qual é o teu tipo de amostra favorita e porque?
Amostar favorita para mim é a Duo Flyer 175, porque lança muito bem com vento e sem vento, tem um trabalhar muito bom e agarra bem o mar com alguma ondulação mais forte, no entanto já estou também a pescar mais com vinis e com bons resultados mas mais em pesqueiros de pedra

6- Tens alguma cor matadora?
Matadora (rosa)..mas sem duvidas nem sempre dá resultados devido a vários fatores : cor de águas, claridade do dia ou noite...

7- Até agora qual é que foi a tua maior pescaria? 
Maior pescaria foi de 5 robalos 3 dos quais com mais de 4kilos, exemplar não consegui maior que 5.500kg..

8- Qual a tua pescaria de sonho?
Pescaria de sonho ..ainda está em sonho ehehe

9- Qual é para ti a melhor altura do ano para spinnar? 
Para mim os melhores resultados são nos final de Outubro até princípios de janeiro

10- O que pensas sobre o futuro desta modalidade? 
O futuro desta modalidade, vai crescer ainda mais, com mais adeptos pois e uma pesca bastante apelativa pela sua diversidade de pescar desde amostras rigidas de +/-5cm até as 200cm todas com varias funções, passeantes, flutuantes, suspensão, afundantes ,depois passando pelos vinis de vários tamanhos e feitios ,canas leves ,desde 260cm ate aos 330cm no entanto há quem pesque com canas maiores ... carretes pequenos mas resistentes,fios multifilares etc...

11- Que conselhos davas a um jovem que inicia este tipo de pesca? 

Aos jovens que pensem começar, ir com quem já tem alguma experiencia para benefeciar de alguns conselhos com argumnetos par depois aos poucos tambem indo tendo as suas propias conclusões.

Aqui estão algumas das suas capturas:


                                           













Obrigado Nuno Sousa