segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

WORTEN::::::::::::: SEMPRE 3700 KG

Boas amigos,

Cá estou novamente para relatar mais uma aventura.

Como já falta pouco para terminar o ano, não podia de deixar aqui mais uma aventura de pesca com amigo. Finalmente consegui ir a pescar. Tinha de terminar o ano com o meu RECORD.
E assim foi, com algumas semanas de preparativos de material, Vinis artesanais cabeçotes etc.. material não faltava, só faltava mesmo era descobrir onde eles andavam, seria a tarefa mais dificil, com a escasses de Robalos aqui na zona, com as tempestades a soprar com força, estava dificil de acertar...
Mas como sempre temos sempre um MAS, telefonema a um e a outro, os radales ligados e já estava spot escolhlido..
Nem queria acreditar, quando marcaram a hora, 5h da matina, uiuiuiuiui, já não sabia o que era isso já algum tempo, mas pesca é pesca. nem que não se durma. e lá fomos, eu o João Batista, o Luis Tomás e o Paulo Gomes, cafezinho no sitio do costume e lá vamos nós.
Preparar material, e a malta já pronta para dar-lhe com fé,  já se sentia o frio a entrar pelas orelhas a cima, mas sempre a andar... lançamentos para um lado e para o outro, o spot estava perfeito para os meninos babalusss andarem ali, vinil troca vinis, amostra troca de amostra 6 da matina e nada.... nem um toque para acelerar o coração, mas sempre a dar no com ferro......troco para um vinil vermelhinho especial feito com pós magicos e pumbassssss pumbasss cá vai disto, ferro o um belo babaluuuu, e faço logo sinal para os colegas.. e eles distraidos nada.. bem tou lixado com isto... caninha a dar sinal de bom peso, mas sempre a responder ao mais alto nivel, carreto a assobiar que nem um louco, era com isto que eu sonhava..... bater o meu record. quando chegaram ao pé de mim já cá estava foram, sem problemas.. Obrigado pessoal.....
sem tempo a perder toca de lançar, com a mare a baixar ainda dava tempo de aparecerem ali mais alguns amigos babalus para conviverem...2 horas mais tarde.....
Juntamo-nos para o ritual da Bucha e tal, com direito a Bolo Rei e tudo.. fizemos mais uma tantos lançamentos e toca de rumar a casa, mas deixei uma mensagem para o Pai Natal..

WORTEN SEMPRE
Material utilizado
Cana- Daiwa Tournement SW AGS 90 R- 2,70mt
Carreto- Daiwa Certate 3012 H
Amostra: Vinil artesanal vermelho  


Bom ano para todos os pescadores...

Grande Abraço 




quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TESTE DRIVE DO (JUNIOR)

TESTE DRIVE DO JUNIOR

Boas amigos,

O mar não tem estado para brincadeiras nem aventuras,  resta nos tempo para pensar em  preparar novas armas, novas formulas, novas ideias surgem para criar novas cores e feitios,

 Dai resolvemos combinar mais algumas cores aos nossos vinil, dar uns toques mágicos e criar o JUNIOR, o novo menino para enganar os BABALOUS grandes.....

Após algumas pesquisas e experiências de colegas e amigos, fomos criando o menino, dai estarmos a apresentado agora em forma de teste drive...


Espero que gostem e publiquem a vossa opinião....

O JUNIOR

video








domingo, 12 de outubro de 2014

Robalos de Setembro

Boas Amigos 

Infelizmente não  tenho tido muito tempo para aventuras, mas é com muito gosto e orgulho quando telefono ao meu GPS. para saber novidades dos pesqueiro e a resposta é sempre a mesma, hoje foram XXXX, e semanas depois, foram mais XXX, quem sabe, sabe, e o mais importante é aprender poder aprender com  quem sabe, e com quem quer ensinar. obrigado Tio Arlindo.

Apresento aqui alguns do Robalos apanhados pelo mestre Arlindo.





sábado, 30 de agosto de 2014

Robalos com varas até azeitonas cai...........

Caro amigos,

Lamento ter estado tão ausente nas minhas aventuras de pesca, mas a vida profissional falou mais alto, como sabem a pesca para mim é um Hobby entre amigo.
Nuno Sousa, João Batista, Tio Arlindo, David Miranda, João Miranda e entre outros que vou conhecendo ao longo das minhas pescaria.

Telefonema a um, telefonema a outro, conversa a traz conversa ejá está combinado a vontade de ir pescar era mais forte que propriamente o estado do mar,por sorte até estava de feição.
Hora marcada, 5 da matina, uiuiuiui, já não sabia o que era isso, levantar cedinho.. mas pesca é pesca... o pesqueiro já tinha sido escolhido, os nossos radares já tinham detectado o cheiro deles por aquelas bandas, estávamos com a energia toda em cima da pele, já eram tantos dias, meses, sem pescar, já  passava das 7h da matina, nem sinal deles, já  estávamos com a mural a baixar, dai decidi-mos mudar de pesqueiro, onde o meu mentor máximo, Mestre Arlindo j+a tinha feito alguns estragos durante a semana.
E assim foi, chegamos ao local o mar encontrava-se calmo, mas um pouco mexido, a águas estavam com areias soltas, perfeito para eles andarem ali, toca de marchar, lançamentos por todos o lado, e derepende pumba,  zecas, já esta aqui um disse eu para o João.

                                                       Podem ver o video

video








Parecia que o stock já tinha terminado, mas mesmo assim não desistimos, o Nuno começa a bater toda a zona do hot spot, eu e o João ficamos ali mais um pouco, passados mais 10 minutos vemos o Nuno a varejar as oliveiras, se calhar já deu coma azeitona disse eu. quando chegamos ao olival já lá  tinha 2 no  saco, é lá aqui temos azeitonas, toca de lançar. e pumba, o João a dar com a azeitona.... mais uns lançamentos e pumba, outra azeitona, mas desta vez pequena lançada ao mar.. e demos por terminada a nossa aventura, mas no final havia uma dedicatória ao nosso amigo Matos.

video






sexta-feira, 28 de março de 2014

14 & 15 Março a Bombar Neles



Não me quero lamentar mas penso que estejam de acordo, tem sido um inverno bastante rigoroso, com condições extremas e sem dar condições para se poder pesca.
Finalmente esta semana o mar já se apresentou com melhoria de se poder pescar, não podia falhar, o meu companheiro Nuno Sousa já tinha conectado com algum pessoal da Nazaré, o Teixeira, o Désio e o Vítor não sabia-mos muito bem para onde ir, o mar estava a cair, bom sinal para um fazer um assalto á robalada.




Assim que os camaradas chegaram por volta das 15:00 primeiro ponto assente, fazer reconhecimento dos pesqueiros, e assim começa a aventura,1º pesqueiro muito bom com bons fundos, pedras a mostra por todo o lado, areado nas malhadas,uma das minhas favoritas, 2º pesqueiro praia do Alemão a apresentar uma boa coroa bem ao nosso alcance e com um bom fundão, mais para norte apresenta uma zona de rochas pegando com a praia de Porto Vacas, 3º pesqueiro (praia das Amoeira a sul da praia de Santa Cruz) também apresentava uma boa coroa, mas esta um pouco mais longe.
Infelizmente não tinha-mos relatos de pescarias em nenhumas das praias, tinha-mos de tomar uma decisão, fomos petiscar antes de partir para mais um grande convívio de pesca, já de barriga cheia e mais confortáveis, pescar com fome ninguém merece, decidimos iniciar na praia do Alemão e ir para norte até onde os bichos derem sinal.

Carregamento as costas e ai vamos nós, tudo pronto, partimos em filinha de tartaruga, e zumba, zumba lança amigo lança, e nada, 1 horas a bater todos os cantos de passo a passo, nem sinal, nem queríamos acreditar, mar bom pesqueiro fantástico e nem um toque, passamos para a praia de porto vacas, e nada, nem um toque, estamos tramados disse eu, estava bem perto de chegar ao local sagrado, onde tenho tido boas recordação, tinha-mos de caminhar um pouco mais depressa porque a maré já estava a dar a volta e aquele pesqueiro é bom na maré vazia, o amigo Teixeira fez-me companhia para aquele pesqueiro, e  começamos a bater bem zona, o pesqueiro estava brutal, e fim de 30 minutos sem parar de lançar nem um toque, e o mar já subia, e zumba zumba e nada novamente, entretanto o meu companheiro foi andando, eu aguardei mais um pouco, estava a espera que enche-se mais um pouco para poder lançar a vontade para outra zona, troco de vinil, pego num laranja e amarelo novinho, e no primeiro lançamento pumba pumba, zzzzz o drag já necessitava de ajuda, aperto mais um pouco e começo a recuperar devagar, já estava a suar, não podia perder esta oportunidade de facturar um belo robalo, pelas cabeçadas  que dava o bicho já era de bom porte, já estou a ganhar vantagem, e pumba coloco-o a seco. Faço sinal para o resto do pessoal, e nem querem saber, voltaram para traz.
Eu ainda bati mais um pouco mas sucesso, já com a maré a encher bem, tenho mas é de me pirar daqui, senão não saio. Cá com um belo robalo d 2,200kg no papo.
E vou ter com os camaradas para  ver se apanharam alguma coisa,  o Désio também a facturar um belo robalo. Ainda voltamos ate ao inicio da praia do Alemão a bater fino as praias mas não saiu mais nada.
E assim terminou o meu dia 14 Março.

Material utilizado:
Cana – Daiwa TournementeSw AGS 90 R - 2,70mt
Carreto- Daiwa Certate 3012 H
Fio- muitifilamento power pro 0.19
Amostra- Black Minnow 120mm cor laranja e amarelo

                                                                         

Lamento as fotos não estarem na melhor qualidade, como era de noite e sem luz não e possivel fazer melhor...





 




15 Março

Sem perder tempo, já tinha marcado esta jornada com o meu amigo João Batista, o camarada Nuno não podia ir, eu  estava motivado com a captura na  noite anterior, nem as armas arrumei, pelas 7 da matina e já acelerado para o pesqueiro onde já estava o João a bater a zona, praia de Cambelas, situada perto do Barril a norte da Ericeira, uma zona bastante rochosa uma ameaça para os vinis, assim que chego ao spot já o João  tinha um robalo no saco, eu coloco-me um pouco mais a sul dele, e toca de lançar com força para chegar a zona de rebentação, coloco vinil black minnow Laranja e amarelo o que me tinha dado sorte na noite anterior, mas as águas aqui já estavam um pouco mais claras, 20 minutos nem um toque, já estava com os olhos a bater mal, troco de vinil para a cor kaki, já me tinha dado boas memorias, e nada, mudo de spot, avanço para outra pedras mais a frente  já com o  mar a chegar ao joelhos, e toca de lançar, e não foi do 1º foi no segundo, senti uma porrada, pumba, pumba, eu disse ao João, já está, e de repente deixei de sentir o peixe, e já foste, em segundos pumba, pumba pumba outra vez, andas a gozar comigo, tinha de ser tirado milimetricamente com tanta rocha poderia perde-lo facilmente, e coloco a seco, já com uma na bagagem, e volto ao mesmo sitio, agora sim, 1º lançamento e pumba, pumba outra vez, é lá já estou em delírio, esta a correr bem, coloco –o a fazer companhia ao amigo que estava dentro do saco. Sem perder tempo, volto a atacar, estive ali mais uns 20 minutos, nem mais um toque. Já satisfeito com os meu resultados, faço as malas e vou descansar.
Material utilizado:
Cana – Daiwa TournementeSw AGS 90 R - 2,70mt
Carreto- Daiwa Certate 3012 H
Fio- muitifilamento power pro 0.19
Amostra- Black Minnow 120mm cor Kaki










                                                     

quarta-feira, 5 de março de 2014

Eles já andam ai.....................................

Boa noite amigos,

A robalada já anda ai, mas só para alguns, apresento algumas das capturas, feitas pelo meu primo Octávio, ao surfcasting na praia de Santa Cruz


Como não bastava a foto tinha que me ligar no momento da verdade


Ai estão os meninos a apanhar sol,
o maior exemplar a pesar os 4kg

PARABÉNS OCTÁVIO

domingo, 26 de janeiro de 2014

Os meus Mentores................................................

Caros amigos,

Dedico este post a duas pessoas, de quem eu admiro, estimo e motivo-me para as minhas aventuras de spinning, considero-os os meus mentores.

Trata-se do meu prof. Nuno Sousa, amigo que me tem ajudado, apoiado nesta minha nova paixão o SPINNING, conselheiro da amizade e da partilha de conhecimentos, é com ele que procuro saber mais, porque ele é uma autentica enciclopédia da pesca, é com este amigo que se caminha pela praia fora a procura do esperado, o robalo, por vezes apanha-se por vezes não, é amigo para todas as ocasiões.  abraço NUNO e obrigado

Com o mar a não permitir spinnar, um surfcasting só faz é bem....

Robalos do Nuno Janeiro 2014





O meu querido tio Arlindo, que pelo qual eu sinto um enorme orgulho, sinceramente não conheço ninguém com a sua capacidade e com a sua experiência na pesca, pessoa com um enorme conhecimento dos melhores pesqueiros na zona, conhece todos os cantos e recantos, pedra sobre pedra, é com este senhor que se aprende o que já ninguém sabe ensinar, é com ele que aprendo a ver o mar, onde estão os melhores pesqueiros e como pescar neles, enfim obrigado meu Tio.

Robalos do Tio Arlindo
O Srº Arlindo em grande o Mês de Janeiro, só apresento os maiores......





Acabadinho de sair da praia..

O meu muito obrigado ao dois.

Nelson Antunes