domingo, 28 de fevereiro de 2016

Fevereiro Robaleiro

Boas Noites Amigos,

Cá estamos novamente para relatar mais umas aveturas ao Spinning, mas desta vez, relato de dois amigos, o Luis e o Cláudio.

O Luis  com os seus babalussss 




O Spinner do mês ééééééééé´??????????????????????????

Cláudio Franco


Este inverno tem sido um pouco ingrato para nos deixar ir pescar, pelo que sempre que temos uma aberta lá estamos nós.
Contacto para aqui contacto para ali e ficou decidido que cada um ia ter ao pesqueiro escolhido assim que saísse do trabalho.
Fui o primeiro a chegar e todo entusiasmado, pois tinha cana nova para estrear,(Daiwa rnnesse 1002) fui-me equipando e andando, ainda estava a caminho rocha sobre rocha e já Octávio e o Miguel tinham estacionado o carro, comecei a pescar mas o mar ainda um pouco cheio e com uma força bruta… bem mais do que queríamos, os dois lá se juntaram a mim para pescar e depois de trocar um vinil por uma zagaia… dois lançamentos e zzzzzzz tenho peixe, a cana vergada e lá veio ele até cá fora com uma ajudinha do Miguel que o agarrou, pensei que fosse maior, mas como estava habituado a uma cana mais rija é normal, estava feita a estreia da cana.
Mais uns lançamentos e nada, entretanto chegam o Batista e o Luís que rapidamente se juntaram a nós, passado um pouco chegou o Nelson e estava composta a equipa da noite de hoje.
Decidi procurar um pesqueiro mais abaixo e um pouco afastado do resto do pessoal… e não é que ao fim de alguns lançamentos…. novamente zzzzzzz grande cacetada, zzzzzzz cana trabalhar muito bem e mais um Babaluuu a dar também um bela luta e a querer ficar preso nas rochas, mas com cuidado lá o consegui puxar para fora e desta vez sozinho…. quando pego nele… ui ui grande Babaluuu claramente o meu record batido, a adrenalina ficou em altas e a sensação de tirar um peixe destes é qualquer coisa…
Depois deste bem insistimos mas nem mais um toque, parece que andava sozinho, ainda procuramos outras zonas, mas nada, com a maré já a encher bem, decidimos parar e ir descansar.
Grande estreia da nova cana, pode ser que fique habituada… hehehehehe que venham mais noites assim.

Pena o resto da equipa não ter tido a mesma sorte e não terem conseguido apanhar mais uns peixes para a noite ser perfeita.

Relato de Cláudio Franco 



Aqui fica um video de mais uma noite Pura e Dura




E não termina por aqui...

e soma mais um.......
 Até de dia o menino não perdoa
está em altas



Bons Lançes para todos......





segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Robalos noturnos



Boas tarde meu caros amigos,


Após um Dezembro e Janeiro sem grande condições para aventuras ao spinning, finalmente o mar a dar uma abertura agora em Fevereirom mas por poucas horas.
Como habitual antes de qual quer saida ao spinning, temos como obrigatoriadade fazer uma análise aos pesqueiros antes de qual quer saida, tendo em conta a  meteorologia,o windguru, e o principal, visitar pesqueiros sempre que possivel. Depois de alguns telefonemas para alguns colegas, estava eleito o pesqueiro. 
Desta vez iamos fazer um spinning noturno, hora marcada, 19h no café do costume, um cafezinho é sempre bom para aquecer a alma, as previsões eram de muito frio.
E lá arrancamos, eu e o João  Batista, o Nuno Sousa só podia ir depois do trabalho,
Ao chegar o mar apresentava-se com exelentes condições, as águas estavam ainda um pouco tapadas. 
Material as costa e lá vamos nós, de pedra em pedra até chegar ao hot spot, durante o caminho encontramos alguns pescadores de surfcasting, mas ainda sem nada, teriamos de tentar a nossa sorte, e começamos a ripar neles, e fomos batendo algumas zonas, 
Já com uma hora de spinning nem sinal deles, mas sem nunca perder a esperança, subimos mais um pouco, fomos fazer uma investida ao nosso buraco favorito, mas tinhamos de ser rapido, pois o mar já estava a encher, e assim perdiamos a melhor hora ali naquele pesqueiro. ao chegar o Joao Batista faz o primeiro lançamento e pumbasssssssssss a cana a vergar-se, toda, é um bom robalo disse ele, recupero a minha cana para lhe dar uma ajuda, com calma la se consegui colocar o babalu a seco, não foi facil em virtude do pesqueiro ser de pedra. 
Sem perder tempo, toca de lançar, pode ser que eles andem ai,, troca de vinil, troca de cor, mas sem sucesso, o mar já nao deixava pescar ali e dicidimos voltar para traz, e zumbassss robalo na vara, já a meio caminho desferra.se fodsssss seria o meu primeiro, mas pela porrada deveria ser pequeno, ainda bem que ficas-te a meio caminho, mais ao lado só vi a cana do Joao vergar-se toda com tamanha porrada que sofreu.... era sinal deles no spot, mas sem sucesso, nem mais um toque.
Fizemos uma pausa para recuperar forças, e veio mesmo a calhar, zumbassssss, babalus na goma, zzzzzzz, em pouco tempo estava cá fora. já não levava a grade para casa. com o mar a subir bastante era tempo de mudar de pesqueiro.
 Entretanto chega o Nuno Sousa cheio de energia, eu e o João já tinhamos batido o pequeiro, mas sem sucesso, já com a mare a dar a volta para a vazia, pode ser que eles aparecam aqui dizia o Nuno, eu e o João demos como fechada a nossa aventura noturna. o Nuno ainda ficou..



Um pequeno video para animar.....